2017! O ano da resiliência!

2017: Um ano de resiliência

Eu sempre acreditei que na vida, nada é por acaso. Sim, sim, eu sei, é clichê, mas na minha opinião, é real. O nosso livre arbítrio em poder escolher a todo momento o nosso caminho, faz com que não tenhamos a ideia das inúmeras possibilidades que a vida nos coloca a todo instante. Uma escolha, um caminho. Um 'sim', uma conseqûencia. Um 'não', outra coisa que poderia ter acontecido não acontece. E porque? Porque nada é em vão. Tudo tem um motivo para acontecer. Eu resolvi em minha vida acreditar que tudo o que acontece é porque vai me ensinar algo. Nada acontece e ponto. Tudo tem um porque de acontecer. Tudo. Uma pessoa que a gente conhece, uma pessoa amada que a gente perde, um ônibus que se perdeu, um avião que atrasou, uma fila no banco... Tudo. Tudo tem a sua importância.

As tragédias pessoais em particular merecem um capítulo à parte. Eu não posso reclamar da minha vida, mas tive muitos episódios ruins. Talvez na hora eu não tenha percebido, mas cada um deles formaram a pessoa que eu sou hoje. A pior delas, ter perdido meu pai aos 47 anos dele, e recém completados 15 meus, por exemplo, é o momento mais triste da minha existência, entretanto, consigo perceber o quanto este mesmo fato foi determinante para formar a pessoa que eu me tornei. Pequenos fracassos me impulsionaram para grandes vitórias, uma porta fechada acabou por ser o desvio que eu precisava para encontrar uma janela aberta.

Tudo bem, agora porque eu estou falando tudo isso hoje, dia 4 de dezembro de 2017?

Porque neste ano, a resiliência em observar os lados positivos de várias situações foi fundamental. Praticar a resiliência acabou por trazer novos conhecimentos que eu mesmo desconhecia que tinha, e mais, trouxe informações que não tinha quanto aos seres humanos, suas capacidades, suas necessidades, suas vaidades e o seus egoísmos.

Aprendi em 2017 a perceber pequenos comportamentos que eu não percebia, mas isto, graças a uma mudança apenas que já alguns anos incorporei em meus dias e pude comprovar a eficácia na prática: A minha. Mudar a forma como eu reajo aos acontecimentos acabou por me fazer uma pessoa melhor, PRA MIM. Sim. sendo bem individualista, percebi que o mais importante na vida é ter a minha paz. " - Ah mas fulano mentiu pra mim!", "- Ciclano, falou que você isso ou aquilo!". Cara!!! Rale-se!!! Pra não falar um palavrão... hehehe... A grande verdade na vida, é que manter os nossos valores é o grande desafio no mundo atual. Ninguém está pensando no que você vai ou não pensar ao tomar as atitudes delas, aí vai você preocupar-se com isso??? Nós não temos culpa das ações dos outros. "- Ahhh, mas fulano falou mal de você e ainda assim você vai continuar tratando ele igual???" Sim. Sejamos resilientes. Talvez se sua postura fosse diferente você não iria descobrir o quanto este alguém não foi verdadeiro com você. Ponto.

Usando este exemplo, onde qualquer semelhança é mera coincidência com a realidade, explico porque a prática da resiliência pode ter sido importante.

E assim acontece em pequenos incidentes em nossas vidas que vão desde um copo caído no chão, a uma toalha molhada que você pode ter esquecido em cima da cama ou uma 'barata' que entrou voando pela janela. O copo quebrou, pronto, e daí? Compra um novo. A toalha molhou a cama bem onde você iria deitar? Azar, troca o lençol. A barata entrou voando? Beleza, é nojento mesmo, mas mata ela e segue a vida.

Ficou desempregado? É ruim? É. É? É mesmo? Ou a partir daí você vai empreender o seu próprio negócio e dali obter o tão desejado sucesso nas finanças? A vida não é simples mesmo, gente. Não é. Mas podemos torná-la bem melhor. Até sair 'da casinha' de vez em quando tem suas vantagens, só veja com quem e onde você vai fazer isso. Tentemos observar o lado positivo dos recados que a vida mostra.

Sejamos resilientes. Não pelos outros. Mas por nós.

"-Ahhh mas aqueles que me prejudicaram não sendo leais ou agindo de má-fé comigo?" Deixa eles. Seja mais você!

Você vai mesmo preocupar-se com os outros? A vida é justa, meus amigos! De um jeito ou de outro, ninguém sabe o que cada um pensa e vive quando coloca a cabeça no travesseiro. Viva a sua vida. Torça para quem torce por você.

Confiança é a base da vitória de qualquer time. Confie no seu.

Coloque amor em suas ações.

Cuide da sua saúde. Cuide do seu corpo.

Cuide da sua vida emocional.

Tenha tempo pra si mesmo.

Pense positivo.

Não deixe de dizer o quanto as pessoas que você ama são importantes na sua vida. Faça com que elas saibam disso!!!

Amanhã pode ser tarde! Faça-o agora!

Seja grato! À tudo. Do ar que respira a chuva que cai e ao sol que ilumina.

Tenha fé, a sua fé!!!

E o resto?

Alguém aqui precisa de resto pra viver feliz?

FB

 




Previous Next

PARCEIROS
FABIANO BRASIL